Respeite seu organismo como um relógio programado pra te ajudar

Nós que trabalhamos com alimentação sabemos que ao longo dos anos a forma de se alimentar vem mudando. Com o aumento da rotina de trabalho e o estresse diário, muitas pessoas fazem refeições fora de hora e com isso não conseguem manter uma alimentação equilibrada.

 

O que esquecemos muitas vezes é que nosso corpo funciona como um relógio que foi programado minuciosamente para realizar atividades que demandam mais ou menos energia. Um trabalhador que entra às 7h no trabalho e sai às 18h, por exemplo, demanda uma quantidade de energia no início do dia e outra bem menor ao final.

 

E o que isso tem a ver com o horário de alimentação? Se alimentar nas horas e na quantidade certa faz com que nosso organismo entenda e respeite a necessidade de energia de cada hora do dia. Faz com que nosso cérebro e humor funcionem ao longo de todo o dia e também faz com que tenhamos a sensação de saciedade comendo a quantidade necessária de nutrientes e não a mais.

 

Se o corpo entende que ele vai receber refeições no café da manhã, no meio da manhã, no almoço, no meio da tarde e à noite, ele entende que vai ter a quantidade necessária de nutrientes para trabalhar de forma adequada. Isso elimina a necessidade das “beliscadas” entre uma refeição e outra, o que atrapalha comermos de forma equilibrada.

 

Seguir essas regras e consumir alimentos certos para cada refeição, melhora o desempenho no trabalho já que a absorção de nutrientes está diretamente ligada ao desempenho da memória, concentração e esforço físico. Os carboidratos devem ser consumidos pela manhã, e evitados no fim do dia. Grande quantidade de comida no almoço também pode atrapalhar seu desempenho na parte da tarde. Então nossa dica é entender sua rotina de necessidade de energia, se alimentar de forma mais saudável, nas horas certas e com  isso ter uma vida profissional mais eficiente e produtiva.