Hipertensão: alimentação saudável é aliada no combate à doença

A hipertensão, popularmente conhecida como pressão alta, é um dos principais problemas de saúde pública do mundo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença é um mal silencioso, pois só apresenta sintomas em grau avançado, e atinge adultos, idosos e até crianças.

Quando a hipertensão não é tratada de forma correta, maiores são as chances de ocorrer acidente vascular cerebral (AVC), infarto ou insuficiência renal. Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), somente nos cinco meses de 2021, mais de 140 mil pessoas morreram por doenças ligadas ao coração.

Há diversos fatores que influenciam os níveis de pressão alta: idade, estresse, obesidade, hipertireoidismo, sono irregular, diabetes, histórico familiar, tabagismo e bebidas alcoólicas. A hipertensão não tem cura e o seu controle é feito por medicamentos, alimentação saudável, atividades físicas e controle de peso.

E por falar em alimentação, confira alguns alimentos que combatem ou ajudam no controle da doença:

Ricos em cálcio – abóbora, ameixa seca, amêndoas, avelã, banana, beterraba, cenoura, espinafre, feijão, framboesa, gérmen de trigo, iogurte, laranja, leite de vaca, ovo cozido, peixes, queijo cottage, sardinha e tofu.

Ricos em potássio – aipo, alho, abacate, aveia, batata, beterraba, brócolis, cereais integrais, cereja, leguminosas, maracujá, melão, milho, morango, sementes de girassol, soja, tomate e vegetais.

Ricos em magnésio – agrião, arroz integral, camarão, couve, ervilha, farelo de trigo, figo, granola, lentilha, linhaça, mandioca, melancia, nozes, quiabo, semente de abóbora e vagem.

Alimentos que devem ser evitados ou consumidos com moderação:

Sódio – o sal é um veneno para a saúde, tanto que a OMS recomenda apenas 5g (ou uma colher de chá) por dia. Para substituí-lo no preparo das refeições, use ervas aromáticas, como alho, alecrim, cebola, manjericão, orégano e salsa, que são ótimas opções para dar aquele toque de sabor à comida.

Industrializados e gordurosos – carnes processadas (bacon, mortadela, linguiça, paio, presunto e salame); defumados; queijos (camembert, cheddar cremoso, parmesão e roquefort); temperos prontos, maionese, molho inglês e mostarda; sopas, caldos de carne ou de legumes e macarrão instantâneo; vegetais enlatados como azeitonas, cogumelos, ervilha, milho, palmito e picles; biscoitos, pastel, pizzas, batatas fritas, salgadinhos, amendoins, manteiga e margarina.

Cafeína – café, energéticos e refrigerantes.

Agora que você sabe como combater e controlar a hipertensão, não há motivos para não cuidar da saúde, hein?!