Dia dos Namorados: como o chocolate se tornou um alimento romântico?

Ah, o chocolate! É difícil encontrar quem não goste! Com tantas opções disponíveis, pode agradar até o paladar mais exigente. Além de ser uma guloseima deliciosa, também é uma ótima opção para presentear alguém especial, inclusive na no Dia dos Namorados, celebrado neste sábado. Mas onde surgiu essa tradição?

Segundo historiadores, os membros da civilização Olmeca – habitantes atuais do México e Guatemala -, foram os primeiros a consumirem o chocolate, em 1.500 a.C. Depois, os Astecas e os Maias também desenvolveram o hábito de beberem o chocolate. As sementes de cacau eram trituradas e misturadas com pimenta, milho fermentado e outras especiarias.

Nos rituais religiosos, por exemplo, o pó do cacau era servido com mel, tornando o chocolate um alimento sagrado. Considerado também afrodisíaco, o chocolate foi apresentado a outros povos, e ganhou fama por todo o mundo.

Em 1840, a moda era demonstrar o amor e o carinho pela pessoa amada por meio de cartões ou presentes mais elaborados. Mas o empresário Richard Cadbury, proprietário de uma empresa de cacau e chocolate, explorou seu lado artístico e projetou caixas decoradas para abrigar o chocolate.

Após apreciar o doce, as caixas eram utilizadas para guardar cartas de amor e outras lembranças. A ideia foi um grande sucesso e influenciou a indústria nos anos seguintes. Assim, o chocolate tornou-se uma ótima opção de presente.

Curiosidades

– Em 1847, a empresa inglesa Fry & Sons adicionou manteiga de cacau, cacau em pó e açúcar e criou a primeira barra de chocolate. Até então, o chocolate era apenas servido como bebida.

– Em 1875, o suíço Daniel Peter resolveu inovar e misturou chocolate ao leite condensado, criado por Heinrich Nestlé. A combinação deu origem ao famoso chocolate ao leite.

– Em 1912, a empresa americana Walter Baker & Company desenvolveu um doce feito à base de manteiga de cacau, açúcar e baunilha, e conhecido hoje como chocolate branco.

Além do mimo, o chocolate também traz alguns benefícios à saúde: reduz os hormônios do estresse, mantém o coração saudável, melhora o humor, auxilia no raciocínio rápido e aumenta a energia e a disposição. Como presente, agrada tanto homens quanto mulheres, pois representa amor e carinho. Além disso, cabe em qualquer orçamento, é um excelente complemento para vinho e flores e nunca sai de moda.

Agora que você sabe qual é a origem do chocolate como um ótimo presente, ainda dá tempo de surpreender a pessoa que você ama no Dia dos Namorados.