Berinjela, bonita de se ver e de comer

Berinjela é bonita no pé e na cozinha, mas principalmente faz bonito no nosso organismo. Pode ser consumida assada, cozida, crua em salada ou empanada e frita. Rica em vitaminas como A, B, C, e em proteínas, além de conter uma grande quantidade de sais minerais como cálcio, potássio e ferro.
Por ser rica em antioxidante a berinjela atua com o ácido clorogênico, cafeíco e flavonoides combatendo o envelhecimento celular e protegendo a oxidação das gorduras nas membranas celulares.

A berinjela apresenta uma boa atividade antioxidante pela presença do ácido clorogênico, cafeíco e flavonoides que atuam combatendo o envelhecimento celular e protegendo a oxidação das gorduras nas membranas celulares. Estas fibras solúveis controlam o colesterol e melhoram o fluxo sanguíneo, prevenindo também o estresse oxidativo.
Se a proposta for emagrecer então, a berinjela pode ser excelente companheira. Vale lembrar que uma xícara de berinjela apresenta em torno de 8% de fibra dietética, o que auxilia na perda de peso e redução do colesterol. A presença das vitaminas B1, B2 e B6 contribuem para o funcionamento do sistema nervoso central, para a produção de energia, equilíbrio hormonal e função hepática. Já os minerais como cálcio, magnésio e potássio vão atuar na manutenção dos ossos e força muscular. Por ser antioxidante, berinjela ainda faz muito bem para a pele pois combate os radicais livres que causam envelhecimento precoce e rugas.
Tá sobrando motivos para comer berinjela? Que tal experimentar uma lasanha saborosa preparada com a leguminosa? Esta lasanha é preparada com fatias fininhas da berinjela, queijo, presunto, molho com manjericão e queijo com catupiri no arremate da cobertura. Primeiro cobrimos com papel alumínio para cozinhar, depois o retiramos do tabuleiro para glatinar. É muito pouco provável que você resista!